REPÚBLICA CHECA

Technická univerzita v Liberci, Liberec

Clima

Língua Falada

1200px-Flag_of_the_Czech_Republic.svg.pn

Certificado de Língua

não é necessário 

Bastante fácil!! Apesar de ter quase sempre que ir a Praga para as viagens mais longas, esta viagem demorava apenas 1h. Os autocarros tinham ótimas condiçoes (ofereciam chocolate quente, tinha tomadas para carregar dispositivos eletrónicos, ecrâs para ver filmes (em checo ahah) e bancos confortáveis) e fazia uma viagem ida e volta por apenas 1,60€ (c/ desconto estudante). A República Checa é um país bastante central e, por isso, sentia que estava perto de todos os sitios que gostava de visitar. Financeiramente, viajar dentro da República Checa é baratíssimo com o desconto de estudante. Para fora, não era tão barato como viajar na República Checa mas senti que arranjava bons preços para as viagens. Depois claro que o resto da viagem vai depender se vais comer a restaurantes, sair à noite... As aplicações que mais usei foram a da Omio (permite comparar vários horários e preços de comboios, autocarros e aviões) e dependendo da companhia/empresa pela qual ia viajar, ia diretamente ao site ou ao google e procurava os descontos de estudantes para essa agência. Uma das que usei mais usei foi a flixbus (é só procurar descontos deles no google que arranjam a 10%, 20%, 3€), no entanto, aconselho sempre a pesquisa no Omio.

MEIOS DE TRANSPORTE

Universidade

Exigência do Ensino

Apontamentos

Disponíveis

Produtividade profissional

Em termos de vida noturna, há um bar do género do BA! Lá eles começam a sair às 23h e não às 2h30. Há também outra discoteca maior para onde o pessoal ia depois deste primeiro fechar. Nunca esteve cheio mas também, ou não pagava a entrada, ou pagava 0,80€! As noites também acabam mais cedo e era provavelmente a razão para este ultimo estar mais vezes vazio do que cheio. Maior parte das amizades fortaleceram-se nestas noites! Todas as semanas (às Quintas), na noite de Erasmus, havia festas temáticas. Fiz amigos de todos os lados, tanto do Canadá como do Bangladesh. Nas residências tinha mesa de ping pong que não se pagava para jogar, bilhar (já se pagava) e era possível requisitar salas para fazer os prés-noites. A ESN de lá também organiza várias atividades que permitem uma melhor integração.

ESPÍRITO UNIVERSITÁRIO

Em relação ao processo de equivalências, uma vez que utilizei um plano de estudos parecido com anos anteriores, tornou o processo ainda mais fácil e sem problemas. Vim da República Checa com praticamente nota máxima a tudo. Quando foi feita a conversão em Portugal, foi tida em conta as notas dos alunos da turma que ficaram em Portugal, ou seja, não fiquei com tudo 20 mas tive notas idênticas aos melhores resultados por cadeira.

PROCESSO DE EQUIVALÊNCIAS

Finanças

Despesas/Nível de vida

Bolsa de Apoio Financeiro

NEEGIUM_logo-C-H01j.png

Sim! A bolsa de Erasmus chegava para a alimentação, para o alojamento e ainda para umas cervejas!

Alojamento

Universitário

Fiquei nas residências universitárias e aconselho imenso! Foi bastante fácil de arranjar e foi logo tudo tratado ainda antes de partir para a República Checa. Em termos de localização, é muito perto dos bares , 5min (de autocarro) da Faculdade de Engenharia e 10min (de autocarro) do centro comercial. Por mês, pagava 100€ com luz e água incluídos.

Processo de Candidatura

Processo de Seleção:

No ano em que me candidatei, os alunos com prioridade eram os que estavam em finais de ciclo e dentro de cada ano, era por médias. Por um lado, fazia sentido, mas penso que o mais justo seria por número de créditos e depois médias. Entrei na minha 1ª opção.

Fatores de Decisão:

Custo de vida. Posição geográfica.

Motivação

Antes

Depois